Uncategorized

MINIMALISMO E O CUSTO DE OPORTUNIDADE

Nesta semana, me peguei pensando a respeito do que me motiva a ser minimalista. Após optar por esse estilo de vida e passar a ter acesso aos benefícios que ele me traz, encontrar motivos para isso torna-se uma tarefa fácil.

Odiava estudar economia quando cursei a minha graduação, mas, através dela, conheci o conceito de custo de oportunidade. Não vou entrar no íntimo desse assunto, mas vale a mensagem de que: sempre que escolhemos uma coisa, renunciamos a outra. O benefício que você perde por conta de uma escolha realizada é o custo dela. Por exemplo: o custo para se comprar uma roupa ou um carro novo não é apenas o seu valor financeiro, mas o que você renunciará ao escolher realizar essa compra (ir a algum restaurante ou realizar uma grande viagem.

Quando comecei a aplicar o conceito de custo de oportunidade e olhar de forma mais crítica meu consumo, notei o quanto as coisas realmente custavam para mim. Quando penso em trocar meu smartphone, por exemplo, penso em quanto do meu tempo foi realizado em moeda para essa compra e como eu poderia tê-lo usado de forma diferente (ao invés de trabalhar, eu poderia ter passado mais tempo com minhas filhas ou estudando), ou o que eu poderia ter no lugar do aparelho (talvez um passeio legal em família uma vez ao mês).

Ser minimalista é fazer escolhas conscientes e compatíveis com uma vida que verdadeiramente faça sentido para você. Pensar no que deixará de ganhar pode ser um motivador para que você viva com menos coisas e mais experiências. Coisas não preenchem vazios, não nos fazem companhia e não nos geram maiores aprendizados e transformações.

Te convido a pensar um pouco dessa forma. Teste olhar para o seu consumo aplicando o que proponho aqui e depois me conte qual foi a sua experiência.

Desejo ter contribuído com você.

Que sua vida seja mais simples e com mais sentido!

Escolha de qual caminho devemos percorrer.
Escolha qual o caminho que você quer percorrer.

Sou contadora, coach e líder de projetos. Busco o tempo todo repensar as formas de como consumo as coisas e de como realizo as minhas atividades diárias. Em suma, procuro viver de maneira mais sustentável, consumindo menos recursos e aproveitando mais o meu tempo. Amo estar com minha família e não meço esforços para tal. Tento tornar as minhas ações mais práticas e eficientes para que eu consiga usufruir de mais tempo ao lado dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *